Dicas para aumentar a libido feminina

No artigo de hoje vou te dar algumas dicas para aumentar a libido feminina sem sofrimento e sem perder tempo! Quer voltar a ter uma vida sexual prazerosa e ativa? Fique por aqui e confira.


Por muito tempo, meu casamento foi perfeito. Eu e meu marido vivemos uma vida plena, inclusive no quarto. Nossas noites juntas eram incríveis, porque sempre estávamos dispostos e sempre querendo mais.

Mas, de uma hora para outra, isso começou a mudar. Comigo, não com ele. Comecei a notar que estava perdendo o interesse no sexo. A relação, afetivamente falando, continuava muito boa, éramos excelentes parceiros.

Agora, quando se trata de ir para o quarto, as coisas ficavam muito ruins. Tanto que chegamos inclusive a discutir se não seria o caso de nos separarmos, porque as brigas eram muito intensas.

Até que depois de muito sofrer eu descobrir como aumentar a libido feminina e, como sei que existem muitas mulheres passando pelo que eu passei, estou aqui compartilhando meu conhecimento.

Afinal de contas ninguém merece ver um relacionamento desmoronar por algo que pode ser resolvido com facilidade, não é mesmo?

O que é libido?

O que é libido?

Vocês devem estar curiosas para aprender como aumentar a libido feminina, certo? Afinal de contas esse é um tema que gera muito interesse. Mas, antes de irmos ao que interessa, é importante partir do princípio.

O que é libido? Vocês sabem o que essa palavra significa? Se você pensou em desejo sexual, naquela vontade louca de ir para a cama com o seu parceiro, pensou certo.

A libido nada mais é do que a vontade que temos de fazer alguma coisa. No caso, sexo. Ela é a energia que nos move não só a querer saciar o outro, mas também a nos saciar.

Infelizmente, como tudo na vida, existem alguns fatores que acabam reduzindo essa energia e nos deixando mais apáticas, sem o ânimo que tínhamos quando éramos jovens. Trataremos desses motivos no tópico abaixo.

Porque acontece perda de libido?

Ao contrário dos homens, em que tudo acontece meio que no piloto automático, com uma mulher a perda da libido pode acontecer sem que fatores físicos estejam envolvidos.

Muitas vezes simplesmente “não estamos no clima”, mesmo que nossos corpos estejam funcionando perfeitamente bem. Mas, como sabemos, existem fatores que influenciam em nossa libido.

O cansaço e o estresse são alguns desses fatores. Muito comuns em nossa vida diária, eles minam a libido por atuar na liberação de hormônios e por tirar a disposição que temos para o sexo.

Depressão

Muito mais sujeitas à depressão do que os homens, mulheres com esse problema sofrem muito com queda de libido, não apenas pela doença em si, mas também pelos medicamentos indicados para o tratamento.

Diversas vezes, os princípios ativos que combatem a depressão diminuem a libido e dificultam a chegada ao orgasmo.

Anticoncepcionais

Algumas de nós, quando usamos anticoncepcionais, podemos sentir a queda ou a diminuição da libido. Em geral, as mulheres que mais sofrem com o problema são as que usam pílulas à base unicamente de progesterona, seja porque não podem ingerir estrogênio ou porque estão amamentando.

Quem usa anticoncepcional injetável também pode sofrer com uma queda brusca em sua libido.

Doenças crônicas

Algumas doenças crônicas, como diabetes, pressão alta, câncer ou as doenças autoimunes costumam impactar fortemente a libido, reduzindo o desejo sexual.

Aqui, assim como na depressão, muitas vezes os medicamentos usados para o tratamento da doença também podem prejudicar a libido e impedir a vida plena do casal.

Pós-parto

O período pós-parto é uma época delicada para a vida sexual feminina, porque muitas mulheres sofrem com a queda da libido, em parte porque seus hormônios ainda estão bastante descontrolados.

O cansaço com o recém-nascido e o estresse provocado pela nova vida da mulher também influenciam bastante, fazendo com que muitas mulheres percebam que sua libido fica reduzida até por volta dos seis meses depois do parto.

Menopausa

A menopausa é um período clássico para a queda da libido. Aqui, os hormônios são novamente a causa do problema. Isso porque, com o envelhecimento, os níveis de estrogênio costumam cair bastante.

Além disso, a lubrificação vaginal cai, tornando a relação sexual bastante desconfortável.

Disfunções sexuais

Não são apenas os homens que sofrem com as disfunções sexuais. Algumas mulheres sofrem de um problema chamado dispareunia, que provoca dores durante a penetração e tornam o sexo muito desconfortável, impactando também na libido feminina.

Problemas ginecológicos

O aparecimento de infecções, inflamações, dores na região pélvica e a endometriose, problemas ginecológicos relativamente comum, também costumam diminuir bastante a libido feminina.

Doenças sexualmente transmissíveis

Além disso, as ditas doenças sexualmente transmissíveis, ou DSTs, podem diminuir a libido sexual, além de provocar desconforto e problemas graves de saúde, sobretudo quando não são tratadas corretamente.

Dicas para aumentar a libido feminina

Agora que você já sabe o que pode causar o problema, é hora de aprender como aumentar a libido feminina. Veja algumas dicas de como melhorar sua vida sexual e aproveitar a relação em toda a sua plenitude.

Exercícios físicos

Uma dessas dicas é praticar exercícios físicos com regularidade. Além de melhorar o condicionamento, atividade física dá mais disposição, aumenta a autoestima e contribuem para a melhora da irrigação e lubrificação genital.

Quer mais uma razão para malhar? Se exercitar libera vários hormônios, como a adrenalina, a noradrenalina e endorminas, dando mais energia, prazer e muita felicidade.

Exercícios de Kegel

Os exercícios de Kegel são ótimos para quer aprender como aumentar a libido feminina, porque eles aumentam a quantidade de sangue que chegam aos músculos pélvicos, melhorando seu tônus.

Essa atividade também alonga o canal vaginal e deixa o colo do útero mais alto, evitando que a penetração o machuque.

Outro exercício desse tipo que costuma fazer muito bem no aumento da libido é o pompoarismo. Além de melhorar o prazer, ele aumenta o apetite sexual e evita que surjam problemas como incontinência urinária ou fecal.

Comer alimentos afrodisíacos

Incluir alimentos como pimenta, açafrão, gengibre ou ginseng são ótimos para quem quer entender como aumentar a libido feminina, porque melhoram a produção dos hormônios e a circulação sanguínea em todo o corpo.

Mas, para que tragam esses efeitos, é necessário incluir esses alimentos em sua alimentação diária.

Melhor remédio para aumentar libido feminina

Existem alguns remédios no mercado que realmente funcionam para aumentar a libido das mulheres. Eu testei alguns e tem dois remédios que funcionaram muito bem para mim.

Um deles ajuda no combate da menopausa, já o outro aumenta muito a vontade de fazer sexo em mulheres. Vou te contar aqui quais são os 2 remédios que me ajudaram a combater os problemas de falta de vontade de transar que aconteceram comigo.

Power Red

O Power Red foi o primeiro remédio que tomei para tentar aumentar minha vontade de fazer sexo. E eu posso dizer que ele funciona muito bem! Ele demorou, para mim, uns 15 dias para começar a fazer efeito.

Na primeira semana eu comecei a me sentir muito bem! Eu acordava com mais energia e percebi que meu foco no trabalho aumentou muito. Fazia muito tempo que eu não me sentia tão bem.

Na primeira semana nada de vontade de transar. Quando eu já estava desistindo do remédio ele começou a fazer efeito! Minha libido sexual voltou com tudo e voltei a fazer sexo com muito mais frequência do que nos últimos 5 anos.

O Power Red é vendido no site oficial e você pode garantir o seu desconto clicando no botão abaixo.

Tribulus Power

Esse remédio só tem um problema: A PROPAGANDA TODA DELE É FEITA FOCADA NOS HOMENS! E como eu conheci esse remédio? Fui para os EUA e lá esse medicamento é febre!

Sim, ele é por 3 anos o estimulante sexual mais comprado para os gringos. Lá nos EUA eu paguei em um pote desse estimulante sexual cerca de 100 dólares. Isso mesmo, na época isso era o equivalente a R$390,00.

Uma amiga me disse que usava e que a vida dela nunca mais tinha sido a mesma. O Tribulus Power proporciona:

  • Aumento de libido sexual;
  • Emagrecimento rápido;
  • Aumento dos hormônios do prazer;
  • Efeitos 3x mais rápidos do que a Maca Peruana;
  • Aumento do foco;
  • Combate à menopausa;
  • Combate à TPM;

Onde eu compro o Tribulus Power importado?

Você também quer experimentar o Tribulus Power 3.0 que é vendido nos EUA e na Europa? Quer usufruir dos benefícios que essa fórmula pode te proporcionar?

Então a notícia é boa! O TRIBULUS POWER chegou ao Brasil com um super desconto de lançamento! Isso mesmo: VOCÊ PODE COMPRAR COM ATÉ 70% DE DESCONTO!

Dica: Ignore a página masculina deles, o remédio faz um EFEITO MUITO RÁPIDO! Se eu pudesse escolher entre ele e o Power Red, com certeza ficaria com o Tribulus Power.

Comecei a tomar o medicamento e em 10 dias senti minha vontade de fazer sexo aumentar. Além disso minha concentração, foco, energia…tudo isso melhorou muito!

Eu também estava fazendo uma pequena dieta e algumas caminhadas na semana, após começar o Tribulus Power eu ainda perdi peso, acredita? Foram 3kg em apenas 10 dias de uso.

Ao clicar no botão abaixo você garante seu desconto limitado (deve acabar amanhã)

 

 

Leave a Reply