Não tenho vontade de fazer sexo com meu marido: e agora?

Hoje o nosso papo é um pouco diferente. A questão é: não tenho vontade de fazer sexo com meu marido, e agora? 

Não tenho vontade de fazer sexo com meu marido: e agora?

Apesar de parecer algo complicado, esse problema é bastante comum, principalmente para mulheres que já passaram dos 40 anos e estão próximas da temida menopausa. A falta de libido feminina é algo completamente normal que, entretanto, devemos buscar uma solução. 

Enquanto para os problemas masculinos há uma série de opções de tratamentos, o lado das mulheres não é tão ouvido e, assim, acabamos ficando com pouquíssimas soluções para combater a falta de libido. 

Por isso, através da minha experiência resolvi conversar com vocês e propor, por fim, um debate sobre a temida frase “não tenho vontade de fazer sexo com meu marido”. 

Então, se você, assim como eu, está passando por isso, fique sabendo que este é o lugar certo. Vem comigo e descubra as soluções que nós, mulheres, temos na hora de melhorar a nossa vida sexual. Sim, porque mulheres também gostam de sexo!

Não tenho vontade de ter relação com meu marido

Um dos principais inimigos da libido feminina é a menopausa e eu digo isso para você por experiência. A minha ocorreu precocemente, quando eu tinha 34 anos – muito antes do comum, tendo em vista que a menopausa acontece geralmente entre 48 e 50 anos. 

Do dia para a noite, vi minha libido desaparecer e, no lugar dela, surgir uma série de problemas extremamente incômodos, como ondas de calor e mudanças de humor. 

Antes disso tudo acontecer, minha vida sexual era ótima, não tinha nada a reclamar. Éramos bastante ativos, animados e compartilhávamos muito prazer – eu gozava sempre e ele também.

No entanto, foi a menopausa chegar e tudo mudou. Vi minha libido sumir do dia para a noite e uma coisa sempre ficava na minha cabeça: “não tenho vontade de fazer sexo com meu marido”. 

No começo, eu não entendia muito bem o que estava acontecendo e inventava desculpas para não ir para a cama com ele – eram cólicas e dores de cabeça constantes, tudo para evitar aquela situação. 

E ele? Sem entender nada. Corria de todas as investidas que ele fazia, fingia não ouvir e me escondia em seguida – ninguém gosta de fazer sexo sem vontade, então evitava isso a todo o custo. 

Só quem passou por isso sabe o quanto é terrível e como pode afetar outras partes da nossa vida. A minha autoestima, por exemplo, foi muito abalada nesse processo e, então, eu descontava tudo no meu marido – crises de ciúme, muito mau humor e estresse o tempo todo. 

O problema, contudo, era admitir que a questão era a falta de libido. 

O que fazer quando o desejo sexual vai embora?

Depois de muito tempo sem nem falar sobre sexo com o meu marido, chegou o momento da temida conversa, que eu tanto evitava. Um “precisamos conversar” nunca pesou tanto na minha cabeça. 

Eu evitei ter que falar sobre o meu problema por um longo tempo, contudo, uma hora ou outra seria necessário encarar isso e, depois de seis meses sem nenhuma relação sexual, a hora da verdade chegou. 

Confesso que eu estava nervosa, mas com o decorrer da conversa tudo isso passou e senti um peso sendo tirado das minhas costas. 

Todo o estresse que eu passei, esquivando, fugindo do assunto e evitando ao máximo me abrir com o meu marido foi à toa. Conversar é sempre a melhor opção, anote isso. 

Dentro de um relacionamento é preciso ter confiança e liberdade, para se abrir sem medo de ser julgada. Por isso, conversar com o meu marido foi a melhor coisa que eu fiz, falei sem medo e ele entendeu e me apoiou para procurar ajuda. 

Então, fica a dica para você: se está passando por problemas como esses, não tente lidar com tudo sozinha, faça com que seu marido seja parte da equação e, juntos, tentem resolver o problema. 

Após o nosso papo, resolvi, portanto, buscar ajuda e fui em consultas, falei com especialistas e fiz uma série de exames para descobrir o que estava me deixando daquele jeito – e como solucionar isso.

Logo, encontrei várias coisas interessantes sobre a minha condição e as opções de tratamento que eu tinha à disposição. 

Veja só o que eu aprendi: 

Alimentos para aumentar a libido feminina

Com os exames e consultas pude confirmar que, de fato, estava passando pela menopausa precoce e isso era a causa principal da minha falta de libido.

Não tinha vontade de fazer sexo com o meu marido há meses e isso estava ficando cada vez mais complicado. 

Então, a médica sugeriu que eu mudasse a minha alimentação e adicionasse no meu dia a dia alguns alimentos que possuem ação estimulante e ajudam muito no aumento da libido. 

Pensei: por que não? E logo peguei a lista de comidas em que eu deveria investir e quais eu deveria evitar. 

Por fim, alimentos gordurosos e processados não fazem muito bem à saúde, então, tirei eles no meu cardápio e comecei a apostar em alimentos como:

Beterraba

Com ação energética, a beterraba é um poderoso agente para o ganho de vitalidade e, além disso, ela contribui para a eliminação de toxinas, proporcionando um melhor desenvolvimento do organismo. Fora isso, a beterraba também ajuda na circulação de oxigênio.

Chocolate

Um afrodisíaco bastante conhecido, o chocolate é o melhor amigo da mulher. Sim, ele é responsável pela estimulação da produção de serotonina, o neurotransmissor que auxilia no aumento do prazer e na melhora do sono e do humor, somando muito benefícios para quem o consome. 

Morango

Quem nunca pensou em montar uma noite quente com champanhe e morangos? A fruta é super sensual e pode ser um verdadeiro aliado para os momentos a dois. 

Manjericão

O manjericão pode ser usado em várias receitas, molhos, saladas e até mesmo na pizza – e essa é uma ótima notícia. Afinal, a erva possui ação fortificante e ajuda no desenvolvimento dos órgãos sexuais. 

Amendoim

Você já ouviu falar que o amendoim é um bom alimento para ajudar a melhorar o desempenho sexual? Pois fique sabendo que é verdade. Sua ação auxilia no fluxo sanguíneo que, por sua vez, aumenta a libido e ajuda o homem a ter ereções mais fáceis. 

Além disso, ele também faz com que a mulher sinta mais tesão, por ser um alimento afrodisíaco. 

Ostras

O último alimento da lista talvez seja o mais eficaz. As outras são conhecidas por sua ação estimulante e afrodisíaca, ajudando na produção de testosterona do homem e, assim, dando mais vigor sexual para quem investe no alimento. 

Nas mulheres, os efeitos das ostras estão relacionados ao aumento da secreção lubrificante vaginal, proporcionando mais prazer na hora H. 

Contudo, embora seja muito eficaz no campo sexual, encontrar ostras não é nada fácil – e essa foi a minha dificuldade. 

A verdade é que raramente as ostras são vendidas em mercado e, por isso, encontrá-las pode ser mais complicado, o que torna o consumo rotineiro do fruto do mar difícil.

Por isso, investir somente na alimentação é um processo trabalhoso. Então, surge a opção de apostar em medicamentos naturais, que fazem um serviço mais rápido e pontual, trazendo resultados em poucas semanas. 

Remédio para aumentar o desejo feminino em farmácia

Remédio para aumentar o desejo feminino em farmácia

Eu sou uma pessoa teimosa, confesso – e um tanto quanto impaciente também. Por conta disso, não aguentei esperar e decidi comprar um estimulante sexual na farmácia mesmo, afinal, eles trabalham com remédios e era disso que eu precisava. 

Pesquisei e descobri um medicamento chamado Flibanserin, que ajudava a aumentar a libido de mulheres. Então, por que não? Eu precisava tirar aquele pensamento “eu não tenho mais vontade de fazer sexo com o meu marido” da cabeça. 

Não foi difícil de encontrar o produto: na primeira farmácia já comprei e resolvi começar o tratamento. 

Com quatro dias tomando o Flibanserin, comecei a me sentir muito mal e eu não entendi o porquê. Tudo isso se arrastou por mais alguns dias e, no final, eu estava completamente desesperada. 

A verdade é que não me contaram que o Flibanserin trazia efeitos colaterais como:

  • Cólicas fortíssimas;
  • Queda de pressão;
  • Insônia;
  • Boca seca;
  • Dores de estômago;
  • Náuseas e vômito.

E eu experimentei quase todos eles, acredite. 

Quando não dava mais para aguentar as reações que o meu corpo estava tendo, resolvi ir ao médico e logo de início foi comprovado que tudo isso era em decorrência ao uso do Flibanserin – os efeitos colaterais eram normais. 

Fiquei pensando que eu deveria, de fato, ter ouvido os especialistas e apostado em um medicamento natural logo de início. Todavia, ninguém mandou eu ser teimosa.

Vendo meu sofrimento ali, o médico me indicou um suplemento natural, que não possuía efeitos colaterais e, por fim, seria uma boa opção para o tratamento da minha falta de libido.

Um pouco relutante, depois de alguns dias resolvi experimentar e, olha, me surpreendi com os resultados.

Remédio para aumentar o desejo feminino

Depois de sofrer bastante com opções que não deram em nada, resolvi testar o medicamento que o médico havia me indicado. Comecei o uso em uma segunda-feira e, por uma semana, tomei dois comprimidos ao dia, como era a recomendação. 

Logo nos primeiros dias senti uma mudança absurda na minha disposição, eu estava com muito mais energia para tudo. Ia cedinho para o trabalho, fazia atividades físicas e arrumava a casa sem cansar. 

Até aí, os resultados já tinham me conquistado e eu me sentia mais confiante para transar, pensava mais em sexo e percebia que minha libido estava voltando. 

Até que um dia eu acordei com muito tesão e na hora já percebi que aquele era o momento da verdade. Chamei o meu marido e começamos a esquentar o clima. E digo para vocês: foi incrível. 

Senti que eu finalmente estava de volta e aquele era o início de uma nova fase da minha vida, sem aquele pensamento “não tenho vontade de fazer sexo com meu marido”. 

Então, já encomendei uma caixa do suplemento natural e sem pensar duas vezes comecei o tratamento contínuo. 

Tribulus Power Mulher 3.0 – remédio para aumentar o desejo sexual

Agora vamos falar sobre o produto em si. O Tribulus Power Mulher 3.0 é um estimulante sexual 100% natural, feito à base de ervas medicinais. Ele trata a falta de libido, o desânimo e até mesmo os sintomas da menopausa. Não tem como não se apaixonar.

De fato, o produto mudou a minha vida e o que já vinha se alastrando por mais de seis meses foi resolvido em poucas semanas. 

Depois, fui descobrir que esse remédio é super famoso no exterior, e ainda bem que nós, aqui no Brasil, temos acesso a ele. 

Eu prometo para você, a satisfação é garantida.

Onde comprar o Tribulus Power Mulher?

A boa notícia é que o Tribulus Power Mulher 3.0 possui um site oficial, onde é possível adquirir o suplemento por um preço incrível e ainda garantir a segurança de um produto de qualidade, feito com os melhores ingredientes. 

Portanto, não perca tempo e aposte em um suplemento de qualidade, 100% garantido. 

O Tribulus Power Mulher 3.0 é a melhor opção para você que quer deixar no passado o pensamento “não tenho vontade de fazer sexo com o meu marido, e agora?”. Então, faça como eu e invista na solução para os seus problemas. 

Onde comprar o Tribulus Power Mulher?

Leave a Reply